7 COISAS QUE VOCÊ NÃO FAZIA IDEIA SOBRE A COCA-COLA

7 COISAS QUE VOCÊ NÃO FAZIA IDEIA SOBRE A COCA-COLA

Esse é um dos produtos mais populares em todo o planeta. O barulhinho "tsss" característico da bebida é reconhecido há metros de distância. A sua cor escura é inconfundível. A cor da embalagem,

Leia tudo

Esse é um dos produtos mais populares em todo o planeta. O barulhinho "tsss" característico da bebida é reconhecido há metros de distância. A sua cor escura é inconfundível. A cor da embalagem, aquele vermelho singular, é um vermelho único desenvolvido apenas para a marca. O gás, a bebida gelada, a receita secreta, a imagem da marca, todo a trajetória do produto foi construída gradativamente pela empresa desde o fim do século 19. Você pode até não consumi-la, mas não adianta negar, essa bebida gasosa e refrescante conquistou um império de consumidores fiéis que não trocam o refrigerante por nenhuma outra marca.

Segundo dados disponíveis pela própria empresa, o Sistema Coca-Cola emprega diretamente 69 mil funcionários, além dos cerca de 600 mil empregos indiretos. Entre 2012 e 2016, as estimativas da companhia avaliaram um investimento de R$ 14,1 bilhões. Sendo que no Brasil, a coca é o produto não alcoólico mais produzido em todo o país. Atuando no mercado não somente com o refrigerante, mas também com sucos, cafés, chás e outros 140 produtos.

Quer conhecer essas e outras curiosidades dessa bebida? Então aqui vai uma lista com 7 coisas, que provavelmente, você ainda não sabia sobre a Coca.

1 - História
A história da Coca-Cola nasce na cidade de Atlanta, nos Estados Unidos, em 1886. Criada pelo farmacêutico John Pemberton, a bebida era vendida na farmácia por US$ 0,05 centavos o copo. Cerca de nove copos eram vendidos diariamente e a propaganda do líquido prometia a cura para uma ressaca. O nome "Coca-Cola" foi inventado pelo contador da farmácia, Frank Robinson. Em 1888 a 1891, a marca foi comprada pelo empresário Asa Griggs Candler que pagou US$ 2.300 pelos direitos e se tornou o primeiro presidente da empresa "Coca-Cola Company". A partir daí, uma grande campanha publicitária foi desenvolvida ao redor da bebida. Em 1895, a Coca-Cola já podia ser comprada em todos os estados do país.

2 - Dados surreais
A Coca-Cola é uma das marcas mais valiosas do planeta. Presente em mais de 200 países, o consumo da bebida alcança o número impressionante de 19.400 unidades por segundo. Em 1997, a empresa vendia diariamente cerca de 1 bilhão de unidades. Em 2011, as estimativas indicaram que esse número aumentou para 1,7 bilhão de unidades vendidas todos os dias. Segundo Valor Econômico, a Coca-Cola Company divulgou em 2015, um lucro líquido de US$ 1,237 bilhão apenas no quarto trimestre do ano. E quem são os consumidores campeões da bebida? Em volume total, e por ordem decrescente, primeiro os Estados Unidos, em segundo México, China em terceiro lugar e o Brasil logo em seguida, em quarto.

3 - Linguagem universal
Não importa a língua que você fale, não importa aonde você for no mundo, todo mundo entenderá o que você quer dizer ao pronunciar as palavras "Coca-Cola" (Coke, em inglês). Está documentado que o nome da marca é o segundo mais compreendido em todo mundo, ficando atrás apenas do termo "ok", segundo o próprio site da empresa.

E se toda as garrafas já produzidas na história da coca fossem enfileiradas uma ao lado da outra? Seria possível ir à lua e voltar cerca de 2051 vezes. Essa viagem ida-e-volta demoraria cinco anos, sete meses e 14 dias, de acordo com dados divulgados pela Coca. Além disso, a bebida gasosa foi a primeira marca a viajar para o espaço, sendo consumida pelos astronautas.

4 - Nem todos os países vendem Coca
Se você é um fã incondicional da bebida, não vá para a Coréia do Norte ou Mianmar (não que seja fácil entrar ou viver nesses lugares, com ou sem a bebida). Isso porque a repressão nesses países impede a comercialização da coca. Até meados de 2015, o produto também era proibido em Cuba. Foi a recente retomada das relações políticas entre os Estados Unidos e o país cubano que permitiram que a empresa adentrasse as prateleiras da ilha caribenha.

5 - Pode diminuir um ataque de asma
Nenhum outro produto substituiu a eficiência e a necessidade dos inaladores para quem sofre de asma. No entanto, cientistas descobriram que a cafeína ajuda a reduzir os seus efeitos. A cafeína é uma substância estimulante e tem um efeito semelhante a composição dos fármacos, que utilizam a teofilina. Em uma emergência, a coca-cola que possui esse alcaloide (cafeína) em abundância pode ser administrado a fim de diminuir esses sintomas. Mas claro, tudo na vida deve ser administrado com equilíbrio.

6 - Impulsionou a carreira de Keanu Reeves
Antes do ator Keanu Reeves tornar-se um dos astros mais badalados de Hollywood, muito antes do ator estrelar o filme que apresentou seu nome ao mundo — com o personagem Neo em Matrix — Keanu Reeves estrelou um dos comerciais de maior sucesso da Coca-Cola. A história retrata um ciclista que tem em seu pai, seu maior incentivador. O personagem do comercial não vence a disputa, mas mesmo assim, seu pai fica orgulhoso do esforço do filho e comemora o segundo lugar com um gole refrescante de coca. O comercial teve uma grande aceitação do público e a imagem de Reeves começava a despontar na televisão, fazendo com que ele protagonizasse outros papéis rentáveis em comerciais televisivos. Para conferir o comercial, basta clicar no vídeo acima (em inglês).
7 - "Inventou" o Papai Noel
A lenda do Papai Noel já existia, obviamente, antes da bebida, mas foi a Coca-Cola que projetou a imagem que temos do bom velhinho atualmente. Um homem idoso, de cabelos e barbas longas e brancas, uma espécie de avô gentil e gordinho que traz felicidade às crianças. Mas principalmente a roupa vermelha, o mesmo tom de cor utilizada pela marca. O impacto do vermelho sobre o natal é tão forte que essa também é uma das cores mais utilizadas nos enfeites durante a festividade. O design do Papai Noel foi traçado pelo artista Haddon Sundblom, designado pela Coca para projetar o primeiro desenho já feito pela figura natalina. A propaganda lançada em 1931 foi um sucesso e a imagem do bom velhinho ficou consolidada no imaginário popular exatamente como o planejado pela marca.

Fonte: FatosDesconhecidos

Posts Relacionados