Renato decidirá cuidar de Tomaz de forma carinhosa no final de O Outro Lado do Paraíso

Renato decidirá cuidar de Tomaz de forma carinhosa no final de O Outro Lado do Paraíso

O público da novela O Outro Lado do Paraíso terá uma grande surpresa nos capítulos finais, depois que Renato (Rafael Cardoso) sequestrar Tomaz (Vitor Figueiredo) e pedir uma fortuna a Clara (Bianca

Leia tudo

O público da novela O Outro Lado do Paraíso terá uma grande surpresa nos capítulos finais, depois que Renato (Rafael Cardoso) sequestrar Tomaz (Vitor Figueiredo) e pedir uma fortuna a Clara (Bianca Bin) para o seu resgate. Ela ligará para o psicopata e dirá que está com as barras de ouro que ele pediu e marca um encontro no dia seguinte.
No entanto, após o telefonema, ele surpreenderá a todos ao falar o que quer fazer com Tomaz depois que o dinheiro for entregue. Segundo ele, seu objetivo é cuidar bem do garoto, como se fosse o seu pai. “Eu consegui. As barras que ainda faltam chegam amanhã cedo. Terá a fortuna que pediu. Em troca do meu filho”, dirá ela por telefonema.

“Amanhã, nesse mesmo horário, eu ligo, dando as instruções de entrega”, responde ele, e Clara implora: “Não faça mal para o Tomaz, por favor”. “Mal? Por que faria? Eu adoro esse menino”, rebate ele, que comemora o sucesso do plano com Fabiana (Fernanda Rodrigues). “Já me vejo nas melhores lojas do Faubourg Saint Honoré, em Paris!”, dirá ela.

“Ouro! Adoro! Amanhã ficamos livres do menino e vamos embora, ricos!”, completa, eufórica, mas Renato ressalta: “Só tá enganada num detalhe. O Tomaz fica com a gente. Eu não vou devolver esse moleque pra Clara”. O capítulo chegará ao fim nessa parte, e no dia seguinte, começa com a explicação do vigarista, que pretende cuidar da criança.

“Nós não vamos devolver o menino. A gente pega as barras de ouro e saímos do país por uma fronteira terrestre. A mais próxima é da Bolívia. O mais importante é levar o menino junto”, anuncia. “Renato, ele está furioso com você”, retruca. “Vai superar. Eu faço a cabeça dele. Eu ajudei a criar esse menino, quando era casado com a Lívia”, dirá.

“Conversando com jeito, ele vai se acalmar. Eu conheço o Tomaz. Gosta de mim. Sempre me chamava de pai”, conta. “Não tenho vontade de levar esse moleque comigo”, rebate ela. “Vai ter. Explico por quê. A gente dá vida de rei pro Tomaz. Ele vai se apegar, em breve tá me chamando de pai de novo. Daqui uns anos, nem tantos assim, ele chega aos 18”, dispara.

“A mina de esmeraldas tá no nome dele. Quando chegar à maioridade, o moleque pode tomar posse da mina”, completa. “Agora estou entendendo onde quer chegar”, compreende. “Se tiver sido criado por nós. Se nos amar. As esmeraldas serão nossas. Eu faço a cabeça dele agora. Mais tarde, ele vai fazer tudo que eu disser”, anuncia.

“Você é um gênio, Renato. Tive dois filhos. Mas aqueles dois só me tomaram dinheiro. Esse vai render!”, comemora. “Amanhã a gente pega o resgate, promete entregar o garoto e foge. (T) Mais tarde, não agora, eu convenço o Tomaz que raptei ele por amor de pai. Essas barras de ouro que a gente vai receber, Fabiana, são só o começo”, revela.

“Depois, vamos ser donos das esmeraldas. Eu sempre quis as esmeraldas!”, revela. “Eu amo você, Renato”, se declara. “Demorou. Também te amo. É a mulher perfeita pra mim. Somos uma boa dupla!”, dirá ele, que encerra a cena com um beijo.