Roger acompanha Palmeiras sub-20 nesta terça

Roger acompanha Palmeiras sub-20 nesta terça

Campeão paulista no sábado, o Palmeiras sub-20 estreia na Copa RS, diante do Grêmio, às 19h15 (de Brasília) desta terça-feira. A partida, com transmissão do SporTV, deverá ter a presença do técnico

Leia tudo

Campeão paulista no sábado, o Palmeiras sub-20 estreia na Copa RS, diante do Grêmio, às 19h15 (de Brasília) desta terça-feira. A partida, com transmissão do SporTV, deverá ter a presença do técnico Roger Machado na arquibancada do campo do Sesc.
Depois de passar a última semana em São Paulo para ser apresentado e participar do planejamento para 2018 com a diretoria, o treinador gaúcho retornou também para acompanhar de perto a campanha da equipe de base na competição em Porto Alegre.

Na relação de 25 atletas do técnico Wesley Carvalho, assistente do interino Alberto Valentim nos profissionais, alguns têm se destacado e podem chamar atenção do comandante do time principal.

Matheus Neris

Prestes a completar 19 anos em fevereiro, o volante já vem sendo comentado na Academia de Futebol. Neste ano, curiosamente, quando o elenco principal precisou de um jogador da posição, o promovido foi Gabriel Furtado, seu colega de grupo na Copa RS. Em 2018, com a saída de Arouca para o Atlético-MG, ele pode ganhar oportunidade.

Fernando

Muito elogiado na segunda passagem do técnico Cuca, o atacante de 18 anos há pouco prolongou contrato até o final de 2022 e estreou como profissional sob comando de Alberto Valentim, em duelo com o Vitória, em Salvador. Ele joga como ponta, é veloz e tem habilidade para "vitória pessoal", expressão que Roger Machado costuma usar para falar sobre disputas individuais nos jogos.

Léo Passos

Artilheiro do Palmeiras na campanha campeã paulista, com 15 gols marcados, o meia-atacante chegou a ser inscrito na Libertadores deste ano enquanto Moisés se recuperava de cirurgia no joelho. É opção tanto na armação quanto como falso 9 (função que Roger Machado explorou no Grêmio com o atacante Luan).

Alanzinho

Relacionado para a última partida dos profissionais em 2017, o meia ainda é sub-17, mas passará a fazer parte da categoria acima. É muito habilidoso e gosta de dar assistências aos companheiros de ataque. Por ser o camisa 10 da seleção brasileira, ele tem seu nome constantemente especulado em grandes clubes europeus.

Vitão

Capitão da seleção brasileira sub-17, o zagueiro é outra grande promessa da base e subirá para o time sub-20. Além do bom desempenho defensivamente, ele sabe sair jogando com os pés. O porém é que Pedrão, que era o titular do sub-20 e é igualmente bem avaliado no clube, deve ser testado antes na equipe principal por ter estourado a idade.

 - Fonte: Globo Esporte

Posts Relacionados