Se sua vida não muda, é porque quem deve mudar é você.

Se sua vida não muda, é porque quem deve mudar é você.

A vida respeita o tempo e a evolução de cada um. Não pede de nós aquilo que não temoscapacidade para dar. Por isso, cada expe

Leia tudo

A vida respeita o tempo e a evolução de cada um. Não pede de nós aquilo que não temoscapacidade para dar. Por isso, cada experiência é a certa para nós.

A grande maioria das pessoas faz uma ideia muito equivocada da felicidade. Para o imaginário coletivo feliz é aquele que não faz esforço, que tem tudo fácil, que não precisa mudar, que ama e é amado. É aquela pessoa que vive cercada de paz e que tudo dá certo na sua vida.

Comum engano. Ninguém, por mais bela posição que pareça estar, está livre de problemas. Problemas nada mais são do que situações que nos desafiam, que fazem com que precisemos sair da nossa zona de conforto e que exigem respostas mais complexas de nós, em postura e atitude.

Todos enfrentam esses desafios. É difícil comparar. Existem pessoas que gostam de dizer que o seu “sofrimento” é maior que o do outro. Cada um tem o direito de se expressar como quer, mas sem passar pelo que o outro passa, é muito difícil fazer um julgamento justo e confiável.

Diante dos problemas alheios, melhor é respeitar do que querer comparar e medir.

Porque cada pessoa é uma, tem seu próprio jeito, suas qualidades e seus pontos a desenvolver. Cada um está em uma situação, com diferentes recursos, vivendo incontáveis dilemas.

Isso acontece pelo fato de que a vida não manda situações ao acaso. Ela nos envia as exatas experiências que vão desenvolver em nós as habilidades necessárias para a nossa evolução.

É de acordo com a necessidade de cada um. Se a minha necessidade hoje é diferente da sua, as minhas experiências também serão.

Cada situação é a medida exata da necessidade de cada um.

É claro que todos temos pontos em comum a desenvolver. Todos nós precisamos fortalecer nosso emocional, aprender a amar, respeitar, sair do negativo, desenvolver a compaixão, a paciência e por aí vai. Contudo, a vida só tenta trazer para fora aquilo que nós já temos condições de desenvolver. Ou seja, quando estamos prontos para desenvolver um dom nosso, quando ele está maduro, já temos capacidade para usá-lo, a vida manda uma situação que exija isso de nós.

A vida respeita o tempo e a evolução de cada um. Não pede de nós aquilo que não temos capacidade para dar. Por isso, cada experiência é a certa para nós. Estamos onde deveríamos estar, com as pessoas que precisamos, com os recursos que necessitamos.

Nada na vida é errado. Nunca veja uma situação pelos fatos que aconteceram, mas pelos potenciais que ela está desenvolvendo em você e nas pessoas.

Quando colaboramos com a vida, aprendemos rápido, agimos por vontade própria, antes que a vida nos force a isso, nós nos poupamos de várias experiências difíceis. Embora consigamos evitar muitas delas, ainda assim, passamos por outras tantas. E isso é completamente natural.

Todos enfrentamos situações difíceis, passamos por momentos dolorosos, sentimos que fracassamos. Aquelas pessoas que lhe parecem felizes ou bem-sucedidas também passaram por isso. A diferença é que elas não deixaram os contratempos as vencerem, não se estagnaram, não ouviram a negatividade coletiva do mundo. Elas se usaram da maravilhosa arte de se reinventar.

Não, não nascemos prontos. Nunca somos, sempre estamos. Estamos nesse caminho de desenvolvimento de nossos dons. Por isso nunca somos os mesmos. Mudamos a cada instante.

Se um problema o atinge e você se conforma com ele, desiste de si, vive na amargura e sentindo pena de si mesmo, não adianta reclamar da vida e querer que ela mude. É você que precisa mudar.

Eu sei que é difícil aceitar isso, que parece que estamos sendo injustiçados e que nem sabemos por onde começamos a mudar. Porém a vida é assim. É desse jeito que ela funciona. Para mostrar que nós não somos vítimas, que somos nós que fazemos nosso destino. Ela faz isso para que a gente saia da inércia e encontre nosso poder.

Se um problema o incomoda e parece que você não consegue resolver, deve ser porque essa “sua versão atual”, já não tem mais meios nem capacidade para dar conta dele. Deve ser porque esses seus pensamentos, suas crenças, sua postura e sua atitude de agora não são suficientes para isso.

É preciso que você mude, que se reinvente, que se transforme em uma versão melhor.

Não tenha medo, isso é para o seu bem, para mostrar que você pode mais do que acredita.

Essas suas crenças do momento, esse “eu” que você construiu, infelizmente, não vão levá-lo onde você quer, não vão lhe trazer a solução que você precisa, não vão resolver o problema que você tem. Pois, se pudesse, já o tinha feito.

Observe você que esses seus pensamentos não estão lhe trazendo algo melhor, então… é preciso que você melhore.

Sempre tenha em mente que: “se a vida não muda, é porque quem deve mudar sou eu!”

Olhe para o que você acha que não lhe é mais útil e nem produtivo. Mude seu jeito de pensar, de agir, de falar, seu visual, sua maneira de se vestir e, principalmente, sua maneira de se ver e de ver as situações. Chega de ficar aí lamentando e se fazendo de fraco (a), tome a atitude que você sabe (porque lá no fundo eu tenho certeza que você já sabe) que precisa ser tomada. Ela tem consequências que talvez não sejam agradáveis? Tem, porque senão você já teria tomado. Mas esse é o preço a pagar para você se libertar do problema. Sair da zona de conforto dói, mas liberta.

Isso é se reinventar.  É criar uma versão melhor de si mesmo.

Problemas e desafios todos passam, e só quem tem a ousadia de ser diferente encontra a solução para eles.

E eu tenho certeza de que você vai encontrar. Nas horas difíceis da sua vida, quando você cansou de sofrer você sempre encontrou. Na hora que precisou você mostrou a força que tinha, aquilo que você era, você foi lá, enfrentou tudo e resolveu. E fará isso de novo sempre que precisar, porque você pode não saber, mas você é incrível!

Use suas forças, renove-se, vista-se dos seus melhores pensamentos e vá viver. Essa atitude é a verdadeira arte de ser feliz!

______________

Direitos autorais da imagem de capa:  Tyler Mullins on Unsplash